• Comitê Brasileiro de Acrobacia e Competições Aéreas Brasil

Artigos

image

Conversando com os competidores - Luis Gustavo Panceri (Faco)

A seguir, uma rápida conversa com o piloto Luis Gustavo Panceri, o 'Faco', natural de Curitiba, e que ficou em primeiro colocado na categoria Básica de 2016.

--

-Onde, como e quando aprendeu a pilotar aviões?
  
Através do meu pai Luiz A. Panceri desde criança voando e pilotando junto.


-Quando começou a gostar de acrobacia?

Desde 1994, com 7 anos aproximadamente, quando fiz um voo de experiência junto com meu pai em um Renegade, e que foi quando ele fez o primeiro looping comigo a bordo.


-Como foram os primeiros vôos acrobáticos?

Meus primeiros voos de instrução de acro foram em Novembro de 2015 na Fazenda Bonanza. O Christiano Oliveira e o Lucas Bonventi me deram instrução básica de acrobacia no Cap-10 e me liberaram solo para aperfeiçoamento
 

-Em acrobacia, já encontrou alguma dificuldade que precisou ser superada?
Dificuldade em encontrar treinamento com alguém disponível em solo como treinador. Resolvi isso treinando sozinho e por câmeras Gopro e fazendo um ajuste final da minha sequência em encontros de acrobacias com pessoas experientes no solo dando dicas.


-Quais foram os benefícios que a prática da acrobacia aérea trouxe para seu nível de pilotagem? 

Abriram um leque muito grande de contatos e pessoas interessadas a ingressar no esporte.
Em relação a pilotagem eu aprendi em ter mais confiança na máquina sabendo das limitações de cada uma e com certeza aprendi a confiar no cinto de segurança.


-Na sua opinião, qual a melhor forma de treinar para um campeonato?

Voar com uma boa frequência e com pessoas qualificadas dando dicas em solo ou mesmo em voo.


-Tem alguma opinião geral sobre a competição que participou?
O campeonato foi extremamente organizado e profissional.


-Pretende seguir competindo? Quais os planos para o futuro?

Pretendo competir por um bom tempo e passar um pouco de conhecimento para novos acrobatas que tenham interesse na acrobacia, seja por conversa ou instrução de voo.


-Tem algum conselho para quem deseje aprender acrobacia aérea?

Comece o mais cedo possível.

Artigos